35 horas

«PCP propôs 35 horas semanais para todos. PS, PSD e CDS votaram contra!» É esta a frase que se pode ler nos folhetos e cartazes com que o Partido denuncia a opção dessas três forças políticas, em benefício do grande capital e contra os interesses dos trabalhadores, expressa na votação da Assembleia da República a 18 de Maio. Na base da proposta do PCP estava a defesa dos direitos dos trabalhadores, a consideração de que os avanços tecnológicos e o consequente aumento da produtividade devem beneficiar quem efectivamente produz a riqueza e a importância desta medida para a criação de 440 mil empregos.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: