Greve na Fidelidade em Évora

Fizeram greve no dia 28, os trabalhadores do centro de atendimento da Fidelidade, em Évora, organizados no Sinapsa/CGTP-IN. Exigem aumento de salários e o fim do sistema da sub-contratação, o qual sustém elevados níveis de precariedade que, em muitos casos, se prolongam há mais de uma década. A todos, exige o sindicato, deve ser aplicado o contrato colectivo de 2008, com diuturnidades e promoções.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: