Valorizar o desporto escolar

Lusa


Foi aprovada a resolução apresentada pelo PCP para a reposição da carga lectiva da disciplina de Educação Física e valorização do desporto escolar.

Votaram favoravelmente todas as bancadas, à excepção do PSD e do CDS que se abstiveram, tendo quatro deputados deste último partido votado contra o diploma e um a favor. Contra estiveram ainda três deputados do PS. Igual votação foi registada em iniciativa similar do BE.

Além da reposição da carga horária da Educação Física nos 3.º ciclos dos ensinos Básico e Secundário o texto da bancada comunista recomenda ainda ao Governo a adopção de medidas para que esta disciplina seja considerada para as médias globais do aluno.

A sua «integração real» nas escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico e de Educação Pré-Escolar, garantindo as condições para que seja de facto leccionada, é outra das medidas preconizadas pelo PCP, que defende igualmente a valorização da Educação Física e do Desporto Escolar, «garantindo a sua universalização e a existência de meios materiais e infra-estruturas em todas as escolas», de modo a que «nenhuma modalidade programática deixe de ser leccionada com a dignidade merecida».

Recorde-se que a reorganização curricular efectuada por PSD e CDS em 2012, para reduzir custos por via do despedimento de milhares de professores, degradou em geral a qualidade pedagógica e, no caso específico da Educação Física, traduziu-se numa redução da carga horária no 3.º Ciclo e deixou de integrar as médias globais dos alunos.





 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: