Aconteu
Procura interna sustenta crescimento

O Instituto Nacional de Estatística (INE) confirmou, dia 30 de Maio, que a economia portuguesa cresceu 2,1 por cento em termos homólogos e 0,4 por cento em cadeia no primeiro trimestre deste ano, desacelerando face ao último trimestre de 2017, quando cresceu 2,4 por cento em termos homólogos e 0,7 em cadeia.

A procura interna deu um contributo importante para o crescimento da economia, tendo aumentado 2,6 pontos percentuais nas três componentes.

O consumo privado aumentou 2,1 por cento e consumo público subiu 0,3 por cento (ambos com mais 0,1 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior); por seu lado o investimento acelerou para 6,6 por cento (+0,2 pontos percentuais).

Em contrapartida o contributo da procura externa líquida diminuiu para -0,4 pontos percentuais (-0,1 p.p.), verificando-se uma desaceleração das Exportações de Bens e Serviços em volume mais acentuada que a observada nas Importações de Bens e Serviços.


ISA homenageia Fernando Oliveira Baptista

Fernando Oliveira Baptista foi homenageado no dia 30 de Maio no Instituto Superior de Agronomia (ISA). Numa cerimónia muito participada, em que marcaram presença colegas do ISA, amigos e representantes da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e da Federação Nacional dos Baldios (Baladi), foi apresentado o livro «Racionalidades e Dinâmicas em Espaço Rural – Escritos em Homenagem a Fernando Oliveira Baptista».

No prefácio da obra, a presidente do ISA, Amarilis de Varenes, salienta a justeza da homenagem a Oliveira Baptista, dado o seu papel fundamental na área da Sociologia Rural e na reorganização do ISA e a vasta obra publicada sobre agricultura, floresta e o mundo rural português, bem como as diversas incursões por outros mundos agrícolas e rurais, como Brasil, Angola, Moçambique e S. Tomé e Príncipe.

Fernando Oliveira Baptista foi ministro da Agricultura no IV e V governos provisórios, sendo sob o seu mandato que são publicadas em 30 de Julho de 1975 as leis da Reforma Agrária.


Miguel Oliveira vence GP de Itália em Moto2

O piloto português Miguel Oliveira venceu, dia 3, o Grande Prémio de Itália em Moto2, sexta prova do campeonato do mundo de motociclismo de velocidade, cumprindo as 21 voltas em 39.42,018 minutos.

Ocupando o 11.º posto na grelha de partida, o piloto conseguiu recuperar e levar a melhor na última volta sobre o italiano Lorenzo Baldassari, que cortou a meta apenas 184 milésimos de segundo depois.

No campeonato, Oliveira mantém o segundo posto com 98 pontos, a apenas 13 pontos do comandante, o italiano Francesco Bagnaia.


Faleceu o artista gráfico Zé D’Almeida

O cartoonista Zé D’Almeida, arquitecto, designer e escultor, que colaborou com vários títulos da imprensa, faleceu, dia 29 de Maio, aos 74 anos.

Numa nota de pesar, a CGTP-IN recorda a profunda ligação do artista à central sindical, tendo marcado «indelevelmente a sua imagem gráfica, designadamente, enquanto criador do seu lettering».

A Intersindical Nacional salienta ainda que são da sua autoria inúmeros materiais gráficos, entre os quais se destacam cartazes do 1.º de Maio, das greves gerais, de manifestações e outros editados pela central.

Em 2008, a 15 e 16 de Fevereiro, esteve patente uma exposição de obras suas durante o XI Congresso da CGTP-IN.


Penderecki é convidado da orquestra metropolitana

O compositor e maestro Krzysztof Penderecki é um dos artistas convidados a dirigir a Orquestra Metropolitana de Lisboa na temporada 2018/19, anunciou dia 4 aquela entidade, no âmbito da apresentação do respectivo programa.

O decano dos compositores polacos vai dirigir a orquestra já próximo sábado, dia 9, num concerto em que será interpretado o seu 2.º Concerto para violino e orquestra, «Metamorfoses», em que é solista Sayaka Shoji, e a Sinfonia n.º 9, «Do Novo Mundo», de Antonín Dvorák.



Resumo da Semana
Frases