CDU faz a diferença em Coimbra

No dia 24 de Maio, Francisco Queirós, vereador a tempo inteiro na Câmara Municipal de Coimbra, eleito pela CDU, alertou para o facto da Escola Básica 1 da Casconha, em Cernache, «estar encerrada para obras há mais de um ano» e deu conta das «inúmeras queixas e da profunda indignação dos moradores da Adémia, a propósito da poluição sonora provocada pela Moacir (fábrica de moagens).

Ainda sobre a Adémia (que no passado dia 22 foi visitada pela deputada comunista Ana Mesquita), o responsável pelos pelouros da Promoção e Reabilitação de Habitação, Gestão do Parque de Habitação e Gabinete Médico-Veterinário revelou (na reunião de Câmara) que a extensão do Centro de Saúde da Fernão de Magalhães corre o risco de encerrar.

Francisco Queirós alertou, de igual forma, para o «historial de poluição» da fábrica de bagaço de azeitona em Alcarraques, deu conta de uma acção de contactos da CDU pelo comércio da Baixa de Coimbra e reiterou a sua «indignação pelo esquecimento» a que a autarquia tem votado Manuel Louzã Henriques, médico, democrata, comunista e homem da cultura.

Por último, informou a Câmara Municipal sobre as comemorações do Dia dos Vizinhos, que vão já na sua 13.ª edição.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: