- Edição Nº2325  -  21-6-2018

Arrancaram as jornadas de trabalho na Festa do Avante!

IMPLANTAÇÃO Cerca de duas centenas e meia de camaradas e amigos estiveram no sábado e no domingo nas primeiras jornadas de trabalho na Festa do Avante!. Até 7 de Setembro todos podem contribuir para a construção militante da maior iniciativa político-cultural nacional.

No primeiro de 12 fins-de-semana de implantação até à Festa do Avante!, compareceram brigadas de Lisboa, Setúbal, Guarda e Castelo Branco, Viana do Castelo, Coimbra e da Juventude Comunista Portuguesa.

Com novidades para implantar antes da abertura das portas – além da deslocação de algumas organizações e palcos –, muitos dos participantes na primeira jornada de trabalho dedicaram-se à limpeza e arranjo dos terrenos onde vão ficar o Espaço Internacional (que este ano se estende da entrada da Quinta da Princesa até ao início da Avenida da Liberdade) e o acampamento de apoio à construção e funcionamento da Festa do Avante!, junto ao lago.

Este será o único existente na Festa, o que obrigou a trabalhos de infra-estruturação numa área adjacente que todavia já vinha sendo utilizada e que prosseguirá.

Semelhantes tarefas, bem como a instalação das redes de água e esgotos, foram desenvolvidas ao longo de dois dias noutras zonas do terreno, designadamente na nova circulação criada onde permanecia um acampamento de apoio à construção e funcionamento (acima do Desporto, junto ao Posto Médico).

A construção de estruturas tubulares no Espaço Internacional e nas organizações regionais avançaram a bom ritmo nestas primeiras jornadas de trabalho, registando-se o mesmo na limpeza e reparação de coberturas e na serralharia, e em intervenções diversas respeitantes à preparação de tudo o que é necessário para o abastecimento de água, electricidade, telecomunicações e gás.

Destaca-se também neste arranque da implantação voluntária e graciosa da Festa do Avante!, a construção das estruturas tubulares, nomeadamente no Espaço Internacional e em organizações regionais do PCP.

O convívio e a fraternidade, a aprendizagem de saberes e técnicas também marcaram presença nas primeiras duas jornadas de trabalho. Nos próximos fins-de-semana todos podem contribuir na medida da sua disponibilidade e capacidades, tendo como garantia de que ficam mais ricos com a experiência, e o prazer de, em Setembro, observar e viver uma Festa do Avante! erguida com um bocadinho da sua generosidade militante.