O Centro de Acolhimento de Refugiados acolheu 900 pessoas em 2017
Deputado do PCP visita centro de acolhimento de refugiados

SOLIDARIEDADE O deputado do PCP no Parlamento Europeu, João Pimenta Lopes, visitou no dia 6 o Centro de Acolhimento de Refugiados da Bobadela, instalações do Conselho Português para os Refugiados.

Acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares, o deputado comunista ficou a conhecer mais de perto a actividade da instituição que desde 1991 trabalha na inclusão de refugiados e promove políticas de asilo humanitárias. É neste centro que serão acolhidos, ainda em data incerta, os refugiados que viajavam a bordo do navio Lifeline e que o Governo se comprometeu a receber. Recorde-se que João Pimenta Lopes visitou esta embarcação e denunciou as condições em que viajavam esses refugiados.

A visita ao Centro de Acolhimento de Refugiados (CAR) da Bobadela permitiu conhecer melhor a situação dos refugiados em Portugal, as suas origens e os procedimentos que são tomados com vista à sua integração. No ano passado, esse CAR acolheu mais de 900 refugiados, cerca de 200 dos quais através do mecanismo de recolocação da União Europeia. Neste momento, tem à sua guarda 212 pessoas, a maioria requerentes de asilo espontâneos.

Na visita, o deputado comunista tomou contacto com as necessidades infraestruturais da instalação, os projectos futuros e o trabalho aí feito com os refugiados, nomeadamente de alfabetização e aprendizagem da língua portuguesa e de inserção na comunidade. Nas vertentes lúdica e cultural destaca-se o projecto de teatro RefugiActo.

João Pimenta Lopes comprometeu-se a questionar a Comissão Europeia acerca dos fundos a que o Conselho Português dos Refugiados se poderá candidatar para dar resposta aos compromissos e responsabilidades que assume no acolhimento dos refugiados.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: