CDU condena o fim da «Rural Beja»

Os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Beja lamentam a decisão do executivo PS de não dar continuidade à «Rural Beja», substituindo o evento, que já se afirmou como promotor do mundo agrícola, pela iniciativa «Patrimónios do Sul».

Em nota de imprensa divulgada no passado dia 10, os vereadores comunistas lembram que aquele era um acontecimento «para todos os públicos, uma feira que alia a tradição com a modernidade, gratuita, com a mostra da nossa produção de excelência, na gastronomia, no cante, no turismo, no lazer».

Em 2017, o retorno económico directo da Rural Beja foi de cerca de 1400 mil euros. «Importa referir o benefício indirecto, que se reflecte em termos de promoção da região», valoriza a CDU.

Também o «Salão do Cavalo», nos últimos anos, trazendo a Beja competições internacionais, «constitui-se como uma importante fileira no mundo equestre e taurino, num distrito que é palco central da criação de cavalo, particularmente, da raça puro-sangue lusitano, e possui caudelarias e cavaleiros de excepção», refere a Coligação PCP/PEV.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: