Minorar as dificuldades da população picoense

O Projecto Lei n.º 1512/XIII, apresentado pelo Grupo Parlamentar do PCP, para facilitar o acesso e majorar o valor de diversos apoios sociais, minorando o efeito da redução do poder de compra das famílias, procurando, com um esforço de financiamento em contraciclo, facilitar a recuperação económica e social da ilha do Pico, foi recentemente aprovado na Assembleia da República.

Esta proposta, segundo os comunistas dos Açores, «contribuirá de forma decisiva para minorar os efeitos nefastos do encerramento da COFACO na ilha do Pico». Em nota de imprensa de 6 de Julho, a Direcção da Organização Regional dos Açores do PCP refere que «a busca de alternativas e a reconversão económica da ilha do Pico revestem-se, naturalmente, de uma importância prioritária», sendo «importantes e positivas todas as medidas que, reconhecendo a especificidade da situação existente, visam atrair investimentos e favorecer a criação de emprego, nomeadamente as majorações de apoios, isenções diversas e benefícios fiscais para as empresas».

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: