Esta obra é para os moradores
Grande investimento em Vila Nova de Santo André

INTERVIR A requalificação dos espaços públicos do Bairro das Flores – uma das maiores empreitadas realizada pela Câmara de Santiago do Cacém – vai mudar a imagem geral de Vila Nova de Santo André.

A intervenção – quer paisagística, quer funcional – irá «requalificar e valorizar os usos partilhados do espaço público», destaca o município, em nota de imprensa divulgada na passada semana.

Em três fases, as intervenções (executadas empresa PROTECNIL – Sociedade Técnica de Construções, S.A) pretendem requalificar as áreas de circulação pedonal, redefinir as áreas pedonais/áreas de circulação mistas/áreas viárias, uniformizar as ruas interiores, restruturar os espaços verdes, colocar mobiliário e equipamento urbano e resolver os problemas de drenagem pluvial. A 1.ª fase das obras já começou.

Resolver problemas
A 21 de Novembro de 2017, a quando da assinatura do contrato da empreitada, o presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, sublinhou a ideia de que esta obra é para os moradores e, por isso, «após recolhermos as sugestões no decorrer da sessão de apresentação, o projecto inicial foi alterado. Esta intervenção irá resolver muitos dos problemas que o bairro apresenta e que vêm do início da sua construção.»

A duração estimada da obra é de 18 a 19 meses e será realizada de forma faseada para diminuir os incómodos causados pela intervenção.

A requalificação está integrada no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) da Câmara Municipal e é financiada em 1 327 200 euros por fundos da União Europeia através programa operacional do Alentejo 2020, Portugal 2020 e FEDER.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: