Encontro do PT confirma candidatura de Lula da Silva

No passado dia 4 de Agosto, teve lugar o Encontro Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) do Brasil, na Casa de Portugal, em São Paulo, que oficializou por aclamação a candidatura de Lula da Silva à Presidência do Brasil.
Lula da Silva enviou uma carta dirigida aos militantes do PT,  onde defendeu o direito de ser candidato nas eleições de 7 de Outubro e fez um apelo aos militantes para que o defendam na campanha presidencial. Lula afirma ainda que a decisão de apresentar a sua candidatura significa «uma luta sem tréguas pela democracia, pelo povo brasileiro e pelo Brasil».
Ao encerrar o encontro, a ex-presidente Dilma Rousseff, candidata ao Senado por Minas Gerais, destacou o papel do PT em defesa da democracia. «Vamos enfrentar uma luta muito dura. Nós queremos Lula candidato à Presidência porque o povo quer. E nesta etapa nós precisamos lutar todos os dias. Está nas nossas mãos fazer o que tem que ser feito. Vamos à luta», apelou Dilma Rousseff.
No dia seguinte ao Encontro Nacional do PT, e após negociações com o Partido Comunista do Brasil (PCdo B), Manuela D'Ávila foi anunciada candidata como vice-presidente de Lula da Silva.
O PCP esteve presente no Encontro Nacional do PT, fazendo-se representar por Rosa Rabiais, membro da Comissão Central de Controlo. Na saudação que enviou, o PCP reafirmou a sua «firme solidariedade para com a luta incessante que o PT, em conjunto com as forças democráticas e progressistas e o povo brasileiro travam pela democracia e progresso social» e assumiu o compromisso de continuar a denunciar o carácter golpista do processo que se vive no Brasil.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: