Seixal reivindica equipamentos sociais

A Câmara Municipal do Seixal aprovou, recentemente, uma tomada de posição pela construção urgente do Lar de Idosos de Fernão Ferro. Neste concelho existem apenas 124 vagas na rede de solidariedade para os mais de 24 mil idosos.

Segundo Joaquim Santos, presidente da autarquia, «o Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social deve assumir as suas competências e atribuições e abrir um programa de financiamento para a construção e garantia da celebração de acordos de cooperação que permitam a construção e entrada em funcionamento do Lar de Idosos de Fernão Ferro, bem como de outros equipamentos sociais extremamente urgentes entre os quais as Estruturas Residenciais para Idosos de Corroios, Casal do Marco e Pinhal de Frades, a Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Arrentela e ainda o Centro de Reabilitação da Associação de Paralisia Cerebral de Almada-Seixal».

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: