Aconteu
Alojamento local disparou em Portugal

Entre 2014 e 2018, os registos de alojamento local quintuplicaram em Portugal, passando de 14 para mais de 77 mil, segundo dados do registo nacional específico (RNAL), disponibilizado pelo Turismo de Portugal. A maioria dos alojamentos locais situam-se em Lisboa, mais de 20 mil, Faro, quase 30 mil, e no Porto, quase nove mil. Por concelho, Lisboa é aquele que concentra maior número de registos ao nível nacional.

A maioria dos estabelecimentos situa-se em apartamentos e só desde o início deste ano foram registados mais de 22 mil novos alojamentos locais, adianta a mesma fonte.


Festival de Flamenco com homenagem a Paco de Lucía

O Festival de Flamenco arrancou sexta-feira, 19, no Instituto Cervantes. O certame que celebra em Lisboa a arte andaluza de dança e canto elevada a Património Imaterial da Humanidade há oito anos, iniciou-se com um espectáculo de entrada livre e a exibição do documentário «Insólito Flamenco», de Alfredo Galvão-Lucas.

Ontem, 24, no primeiro de três dias do Festival de Flamenco no Capitólio, subiram ao palco as irmãs Úrsula e Tamara López num espectáculo numa homenagem a um dos maiores expoentes da música flamenca, Paco de Lucía, cantautor com uma vasta obra falecido em 2014.


Convívio pelos 90 anos de Borges Coelho

A Organização Concelhia de Cascais do PCP assinalou, no domingo, 21, o 90.º aniversário de António Borges Coelho, investigador e destacado antifascista que ao longo da sua vida lutou pela liberdade, pela emancipação social dos trabalhadores e do povo.

António Borges Coelho enfrentou com firmeza a polícia política fascista e os carcereiros ao serviço da ditadura, em fidelidade para com os valores que desde muito cedo abraçou.

António Borges Coelho desenvolveu um intenso trabalho como historiador, cujo valor é inestimável para o esclarecimento e para a batalha das ideias.

Na iniciativa realizada no auditório da Escola Fernando Lopes Graça, na Parede, participaram Domingos Abrantes e o Coro Lopes Graça.


Protesto contra mina de urânio

A manifestação contra a construção de uma mina de urânio a céu aberto em Retortilho, Salamanca, reuniu mais de duas mil pessoas no sábado, 20. Organizada por produtores agropecuários da região, por organizações ambientalistas espanholas e apoiado por mais de 40 municípios da região, de acordo com a Lusa, a contestação ao projecto da multinacional Berkley tem o apoio de estruturas ecologistas portuguesas.

Situando-se na zona de fronteira com Portugal, os ministérios portugueses do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros (MNE) pediram, em Maio, informações sobre a exploração mineira, isto depois de a Assembleia da República aprovar sete resoluções que recomendam ao Governo o pedido de suspensão da mina junto de Madrid.

A Agência Portuguesa do Ambiente considerou que o projecto é «susceptível de ter efeitos ambientais significativos em Portugal».


China inaugura maior ponte marítima

O presidente da República Popular da China, Xi Jinping, inaugurou, anteontem, a maior ponte marítima do mundo, que liga Hong Kong a Macau. A infra-estrutura com uma extensão total de 55 quilómetros, dos quais 22,9 em ponte, e que inclui um túnel subaquático de quase sete quilómetros, é considerada fundamental pelas autoridades de Pequim para criar na zona da Grande Baía uma metrópole envolvendo as antigas colónias britânica e portuguesa, e nove cidades da província de Guangdong.

A obra prolongou-se por nove anos e terá custado cerca de dois mil milhões de euros. A circulação na ponte tem condicionamentos de diversa natureza, mas também aplica as mais modernas tecnologias de prevenção de acidentes.



Resumo da Semana
Frases