Os preços praticados em Gondomar são exorbitantes
Água ao preço de ouro em Gondomar

PARCIALIDADE Na Câmara Municipal de Gondomar (CMG), o PS e o Movimento Independente «Valentim Loureiro - Coração de Ouro» (VLCO) aprovaram, no dia 19, um aumento do preço da água e do saneamento.

A revisão do preçário foi apresentada à CMG pela empresa Águas de Gondomar SA. «Os preços praticados pelos serviços de água e saneamento do concelho são dos mais elevados da área metropolitana e do País, cujos valores, já exorbitantes, voltarão a sofrer um novo aumento em 2019», criticam os vereadores da CDU, Daniel Vieira e José Pinto.

Entretanto, a Coligação PCP-PEV tem vindo a apresentar algumas propostas com o objectivo de monitorizar o actual processo de concessão, o cumprimento do plano de investimentos, o regulamento em vigor e até estudar a possibilidade da reversão deste serviço. «A maioria PS limita-se a “ratificar” a proposta de aumento das tarifas apresenta pela Águas de Gondomar SA, sem que se conheça sequer a sua posição» e «esquecendo o princípio de que a defesa dos interesses dos munícipes deve ser a prioridade da sua actuação», continuam os vereadores.

Sobre a proposta agora aprovada, a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) concluiu que «a revisão apresentada não cumpre o disposto no contrato de concessão em vigor». «A CDU não aceita, nem pactuará, com a cumplicidade e subserviência de sucessivos executivos municipais, do PSD/independentes e do PS, com uma empresa cujos objectivos se resumem ao lucro fácil, prejudicando, desta forma, os gondomarenses», asseguram Daniel Vieira e José Pinto.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: