As piscinas municipais são património da população
PCP contra eventual concessão das piscinas de Leiria

PRIVATIZAÇÂO Como no recente caso do fornecimento de água, em Leiria o Partido não vai deixar de se bater contra a entrega de mais património público à exploração privada.

Em causa está a eventual entrega das piscinas de Leiria a um grupo económico espanhol, processo que a Comissão Concelhia de Leira do PCP (CC de Leiria) afirma ter tomado conhecimento através da comunicação social, já que, sublinha-se também na nota enviada às redacções, as «eventuais negociações da Câmara Municipal de Leiria, de maioria PS», pelos vistos prolongam-se «no tempo, em estranho recato, e aparentam um estádio de desenvolvimento desconcertante e preocupante».

«É pois com estupefacção que se sabe que uma empresa com pretensões a ser uma multinacional do negócio da exploração de equipamentos vocacionados para a prática desportiva, apresenta uma proposta ao Município de Leiria para abocanhar as piscinas municipais e torná-las num instrumento de negócio lucrativo e domínio».

A direcção distrital do PCP lembra, ainda, que «a insolência da empresa espanhola – se isto é de sua iniciativa! – devia ter tido por parte da Câmara de Leiria uma imediata e inequívoca recusa. Mas isso não só não aconteceu como, segundo o PS, pela voz de Raul Castro», a disposição é a de «avaliar a proposta e estudar a concessão».

Já quanto ao PSD, prossegue a CC de Leiria, «sempre pronto a defender os interesses privados em prejuízo do serviço público, pela voz dos seus vereadores» disse que considera o negócio «uma boa ideia».

Sem novidade
vamos à luta

A tentativa de privatização de mais um equipamento municipal, não é para o PCP uma novidade, uma vez que «o apelo da própria maioria PS na Câmara de Leiria, atendendo às já velhas manifestações de vontade da sua privatização por parte deste partido na Câmara», remontam «ao tempo em que ainda não detinha a presidência».

Assim, alertam os comunsitas leirienses, «o PS e o PSD que, com ou sem o CDS, têm gerido (mal) os destinos do concelho de Leiria, não hesitarão, se não forem travados pela luta, em desbaratar o património que é de todos para o colocar ao serviço de poderosos interesses privados, e neste caso estrangeiros».

Neste contexto, o Partido assegura «como já o fez no passado recente relativamente à água», que vai intensificar a luta «contra esta e todas as tentativas de colocar os equipamentos e serviços públicos ao serviço de interesses privados», os quais, adverte, «visam o lucro dos detentores do seu capital em prejuízo do bem comum».

«Para o PCP, as piscinas municipais são património da população do concelho de Leiria, devem estar exclusivamente ao seu serviço e ao serviço dos clubes e atletas do concelho, e devem ser, como sempre defendemos, geridas segundo critérios de interesse e serviço públicos e directamente pelo Município de Leiria», concluiu-se.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: