- Edição Nº2388  -  5-9-2019

Alemanha paga milhões de euros pelas tropas norte-americanas no país

O governo alemão pagou às tropas norte-americanas estacionadas na Alemanha mais de 240 milhões de euros nos últimos sete anos. As verbas foram utilizadas, entre outros fins, para pagar pensões de antigos trabalhadores civis ou para financiar a gestão de terrenos e edifícios, noticiaram meios de informação em Berlim.

Além disso, o governo de Angela Merkel assumiu os encargos com uma parte dos custos de construções da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) relacionadas na sua maioria com a presença de militares norte-americanos no país. Os 480 milhões de euros destinados pelo governo federal alemão a projectos da NATO entre 2012 e 2019 foram «quase exclusivamente» atribuíveis aos EUA, segundo dados difundidos na semana passada por entidades oficiais alemães.

A informação foi divulgada pelo Ministério das Finanças alemão em resposta a uma pergunta da deputada Birgitte Freihold, do partido A Esquerda (Die Linke), durante uma interpelação no Bundestag, a câmara baixa do parlamento da Alemanha. «Face à cessação de investimento em escolas e centros médicos para os alemães, é totalmente inaceitável que centenas de milhões de euros sejam utilizados para benefício dos norte-americanos e para a edificação de um hospital militar na cidade de Weilerbach», afirmou a legisladora do Die Linke.

Os EUA contam com cerca de 35 700 militares colocados em quatro estados federais da Alemanha. Mais de metade desses soldados (18459) estão na Renânia-Palatinado; 11689 na Baviera; três mil em Baden-Wurttemberg; e 2471 em Hesse.

De acordo com a embaixada dos EUA em Berlim, outros 17 mil norte-americanos e 12 mil alemães, civis, são empregados pelas forças armadas dos EUA na Alemanha.