PCP presente na Festa do L’Humanité, na Manifiesta e na Festa do PCE

Sob o lema «Rumo a um novo caminho para a humanidade», realizou-se de 13 a 15 de Setembro, em Paris, a 84.ª edição da Festa do L’Humanité. Na Village du Monde, espaço destinado a organizações de outros países, o pavilhão do PCP marcou, uma vez mais, presença, tendo sido animado por militantes da organização do PCP em França. Durante os três dias da Festa, o PCP e a sua luta receberam múltiplas manifestações de simpatia e solidariedade.

Uma exposição sobre a emigração e os problemas sentidos pela comunidade portuguesa e a distribuição de uma edição especial do Avante!, ambos em francês, possibilitaram o contacto com centenas de visitantes da Festa, permitindo o esclarecimento sobre a actividade, o posicionamento e a proposta política do PCP. O espaço do PCP contou com uma banca de livros e materiais de informação, para além dos sabores da cozinha tradicional portuguesa, acompanhados por vinhos e outras bebidas nacionais.

Das diversas actividades na festa, destaca-se o comício, onde Fabien Roussel, secretário nacional do Partido Comunista Francês (PCF), abordou a situação internacional e nacional, nomeadamente as questões do reforço dos sindicatos, das associações e movimentos de juventude e também do Partido, que comemorará o seu centenário no próximo ano. Dilma Roussef, presente na festa, participou no acto de solidariedade «Pela libertação de Lula».

O PCP esteve representado por Rui Braga, do Secretariado do Comité Central, e Rosa Rabiais, da Comissão Central de Controlo.

A convite do Partido do Trabalho da Bélgica (PTB), o PCP participou na 10.ª edição da Manifiesta, festa organizada pelo jornal Solidaire e pela rede Médecin pour le Peuple, que se realizou nos dias 21 e 22 de Setembro, na cidade de Bredene, na Bélgica.

O stand do PCP, integrado no espaço internacional, constituiu uma oportunidade para interagir com os muitos visitantes que se acercaram procurando informação sobre a situação política no nosso País e, nomeadamente, sobre o posicionamento do PCP face às eleições legislativas de 6 de Outubro.

A solidariedade foi lema central desta iniciativa que contou com espaços de representação regional, política, cultural, gastronómica e desportiva. Nos diversos locais destinados ao debate político foram debatidas, entre outras, questões como os direitos laborais, as pensões, os direitos das mulheres, a situação na Europa, na América Latina ou em África. Marcaram igualmente presença nesta festa Abel Prieto, antigo ministro da Cultura de Cuba, e Dilma Rousseff, ex-presidente do Brasil, que tomou palavra no acto central que encerraria a Manifiesta.

No acto central político da Manifiesta, Peter Mertens, presidente do PTB, interveio sobre a situação na Bélgica, o reforço do PTB nas últimas eleições e sobre a necessidade do reforço da esquerda e das políticas sociais, entre outros aspectos.

O PCP esteve representado por João Pimenta Lopes, do Gabinete de Apoio aos Deputados do PCP no Parlamento Europeu.

De 27 a 29 de Setembro, em Rivas Vaciamadrid, teve lugar a 42.ª edição da Festa do Partido Comunista de Espanha (PCE). O PCP esteve uma vez mais presente com um stand político, onde os visitantes podiam encontrar livros e materiais de informação, incluindo da Festa do Avante!, para além de alguns produtos tradicionais portugueses.

O PCP teve oportunidade de participar nos debates «A Europa e a UE de frente para o mundo: desafios e alternativas no contexto internacional» e «Desafios actuais do Movimento pela Paz».

A exposição sobre os 45 anos do 25 de Abril, bem como uma edição especial do Avante!, possibilitaram o contacto com os visitantes da Festa do PCE e a informação sobre a situação política nacional e, particularmente, sobre as próximas eleições legislativas.

Durante três dias, os visitantes da festa puderam assistir a diversos concertos, debates e outras actividades, onde se destaca o comício central, onde Enrique Santiago, secretário-geral do PCE, abordou elementos da situação internacional e nacional, com destaque para as eleições legislativas de 10 de Novembro, em Espanha, e sublinhou a importância da unidade para enfrentar esta batalha política-eleitoral. Dilma Roussef esteve também presente na festa do PCE onde teve oportunidade de participar no acto político de solidariedade «Lula Livre».

O PCP esteve representado por Cristina Cardoso e Rita Janeiro, da Secção Internacional.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: