Solidariedade com a Revolução Bolivariana

A Associação de Amizade Portugal-Cuba (AAPC), o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) e o Movimento Democrático de Mulheres (MDM) promoveram, sexta-feira, 11 de Outubro, uma grande iniciativa de solidariedade com a Revolução Bolivariana.

Para além de várias associações de solidariedade, na sede da AAPC esteve o embaixador da República Bolivariana da Venezuela, General em Chefe Lucas Rincon, o secretário da Embaixada de Cuba, Javy Levy, e representantes das embaixadas de S. Tomé, China e Palestina.

Na sessão participou também o venezuelano Carolus Wimmer, presidente do Comité de Solidariedade Internacional e Defesa da Paz, que fez uma importante e esclarecedora intervenção sobre a situação na Venezuela, que se debate com as dificuldades que advêm da política terrorista movida pelo imperialismo.

No final reafirmou-se o apelo ao incremento da luta, denunciando a ofensiva liderada pelos EUA e apoiada pelos seus aliados na América Latina e na União Europeia, com vista a alcançar os sinistros objectivos de sucessivas administrações norte-americanas.

Do Governo português exigiu-se uma posição coerente com a Constituição da República Portuguesa e o Direito Internacional, de não ingerência e respeito pela soberania dos Estados.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: