Aconteu
Realizadora portuguesa premiada em Veneza

A realizadora portuguesa Ana Rocha de Sousa e o seu filme Listen, foram distinguidos, na 77.ª edição do Festival de Cinema de Veneza, um dos mais antigos festivais da sétima arte, com quatro prémios diferentes.

A longa-metragem da cineasta de 41 anos venceu no sábado, dia 12, duas grandes distinções. Um dos prémios atribuídos foi o Leão do Futuro – Luigi De Laurentiis, que lhe assegurou o valor de 84,4 mil euros. Ainda no mesmo dia, foi-lhe atribuído o Prémio Especial do Júri da secção «Horizontes».

No dia anterior, sexta-feira, 11, Ana de Sousa já tinha sido distinguida pelos prémios paralelos Bisato D’Oro, atribuído pela crítica independente, e o Sorriso Diverso Venezia.

A obra da autora nacional retrata o drama de uma família portuguesa emigrada no Reino Unido, a quem os serviços sociais lhe retiram os três filhos menores por suspeitas de maus tratos. A história é baseada em factos reais.

Até ao filme Listen, Ana Rocha de Sousa tinha já realizado as curtas-metragens, como Minha Alma and You, e Laundriness, que passaram por Cannes.


José Barata-Moura nomeado Professor Emérito da Universidade de Lisboa

José Barata-Moura recebeu, no dia 15, o título de Professor Emérito da Universidade de Lisboa (UL).

Segundo o actual reitor da mesma universidade, António Manuel da Cruz Serra, a distinção foi atribuída ao académico pelas qualidades que sempre demonstrou como distinto investigador e professor, pela sua acção que marcou toda a comunidade académica, nacional e internacional. A sua importante contribuição para o desenvolvimento do pensamento filosófico e a sua activa participação cívica e de liderança académica também são outras das algumas razões apontadas.

José Barata-Moura, militante comunista, é autor de uma vasta obra discográfica e literária. Leccionou filosofia na Faculdade de Letras da UL e foi reitor da mesma universidade entre 1998 e 2006. Foi deputado no Parlamento Europeu e é Grande-oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada.


Encontros de Imagem realiza 36 exposições

A 30.ª edição dos Encontros da Imagem – Festival Internacional de Fotografia e Artes Visuais começou no passado sábado, dia 11.

A edição de 2020 deste festival tem como tema o termo «Genesis» e acontecerá em 23 espaços de quatro cidades diferentes: Braga, Porto, Guimarães e Barcelos. Serão, ao todo, 36 exposições que contarão com a participação de cerca de 68 artistas.

Até ao dia 31 de Outubro estas quatro cidades do norte do País vão receber dezenas de actividades e acontecimentos diferentes, entres as quais, projecções, workshops, ciclos de cinema, visitas guiadas, catálogos, prémios de fotografia, edições de livros. Dentro desta vasta lista, estão também programadas várias actividades online como leituras de portefólios, oficinas e debates.


Festival de arte urbana regressa a Estarreja

O festival ESTAU, que se foca na volta da arte urbana e das suas várias expressões, começou no dia 11, em Estarreja, distrito de Aveiro. O evento durará até ao dia 20.

Durante pouco menos que dez dias, as ruas de Estarreja serão casa de mais de 30 actividades. Desde workshops, exposições, conversas, cinema, música, performances, animação de rua e visitas guiadas ao museu a céu aberto no qual estarão expostos cerca de 40 murais e instalações artísticas.

Como já é característico do festival ESTAU, artistas trabalharão ao vivo em cinco diferentes locais públicos do concelho deixando neles a sua marca pessoal, inspirada pela riqueza do património cultural e natural do território de Estarreja.


Operafest termina com sucesso

A primeira edição do festival de ópera Operafest começou no dia 21 de Agosto e terminou no sábado passado. Foram mais de três mil as pessoas que durante 22 dias assistiram a vários espectáculos na cidade de Lisboa.

No Jardim do Museu Nacional de Arte Antiga e nas Carpintarias de São Lázaro, o público teve a oportunidade de assistir a oito óperas em estreia absoluta, de oito jovens compositores portugueses. Debates, conferências, cinco sessões de cine-ópera e 11 espectáculos de ópera ao vivo também fizeram parte da programação do novo festival.

A organização do Operafest já garantiu que o regresso do festival em 2021 está garantido e que irá continuar a conjugar a tradição com a vanguarda.



Resumo da Semana
Frases