Controladores em greve

Vários sindicatos dos controladores de tráfego aéreo franceses convocaram uma greve que se iniciou na tarde de terça-feira, prolongando-se até à manhã de hoje, quinta-feira.

A Direcção Geral de Aviação Civil (DGAC) previa a supressão de cerca de metade dos voos no aeroporto parisiense de Orly e cerca de 20 por cento dos voos do aeroporto de Roissy Charles de Gaulle, o mais importante da capital.

A greve foi convocada em protesto contra a reorganização do tráfego aéreo na Europa e as suas consequências sobre o estatuto profissional dos 4400 controladores e dos outros oito mil funcionários da DGAC.

O governo francês defende a criação de uma estrutura multinacional coordenada pelos estados-membros, à qual seriam afectados estes trabalhadores. De acordo com este projecto europeu, o controlo do tráfego aéreo francês deverá fundir-se, em 2012, com os da Alemanha, Suíça, Bélgica, Holanda e Luxemburgo, numa estrutura denominada FABEC (Fonctional Airspace Block Europe Central).



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: