Greve geral na Grécia

Os trabalhadores gregos aderiram massivamente, dia 23, a uma das maiores greves gerais dos últimos anos, que foi acompanhada por grandes manifestações em todo o país.

O dia de luta contra o novo pacote de austeridade, negociado pelo governo para obter empréstimos do exterior, foi convocado pela Frente Militante de Trabalhadores (PAME), pelo Movimento dos Agricultores (PASY), pelo Movimento Antimonopolista de Empregados por conta própria e de Pequenos Comerciantes (PASEVE), pela Federação das Mulheres Gregas e pela Frente Militante de Estudantes (MAS).

A jornada ficou marcada por protestos em 72 cidades, com destaque para a manifestação em Atenas, na qual participaram dezenas de milhares de trabalhadores.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: