Trabalhadores da Yazaki levantam cabeça
A organização dá força à luta
As duas unidades industriais em Portugal da multinacional japonesa Yazaki chegaram a empregar perto de 7500 trabalhadores mas, a partir de 1998, a produção começou a ser transferida para outros países e, em pouco anos, o número de postos de trabalho caiu para metade. Hoje restam cerca de 3200 trabalhadores distribuídos pelas fábricas de Ovar, no distrito de Aveiro, e de Gaia, no distrito do Porto. Tanto numa como noutra, mantêm-se as pressões para as rescisões «amigáveis», renovando-se a cada dia as ameaças de deslocalização do grupo e de sumários despedimentos colectivos. Porém, à medida que a organização dos trabalhadores se reforça dentro da empresa, tem aumentado a resistência e a determinação de lutar em defesa dos postos de trabalho e de melhores condições.

CDU apresenta cabeças de lista
à Câmara e Assembleia Municipal

Um novo projecto para Lisboa
Dando continuidade à acção, intervenção e dinâmica do projecto CDU, alternativo à desastrosa gestão da maioria PSD em Lisboa, foram apresentados, terça-feira, os cabeças de lista para a Câmara, Ruben de Carvalho, e Assembleia Municipal, Modesto Navarro. Na apresentação dos candidatos, Jerónimo de Sousa acusou o PS de querer convergir para o mesmo dia das eleições autárquicas o referendo sobre a Constituição Europeia.

Retomar o desenvolvimento de Loures
Dedicação e isenção ao serviço da população
A CDU apresentou, domingo, Adão Barata como o primeiro candidato à presidência da Câmara Municipal de Loures nas próximas Eleições Autárquicas.

CDU aposta em Vila Nova de Gaia
Um projecto alternativo
Ao intervir na apresentação dos cabeça de lista à Câmara e Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia, Jerónimo de Sousa salientou que a CDU é uma força indispensável e necessária para romper o longo ciclo de políticas municipais desastrosas neste concelho.

Aveiro
Confiança no futuro

Oeiras
Promover a qualidade de vida

Barreiro
Declaração de apoio a Carlos Humberto de Carvalho

Outras notícias