Avante! faz 75 anos
Páginas de uma história heróica
Indissociavelmente ligada à história do PCP, a história do Avante! é a história da coragem e da dedicação de gerações de comunistas que dedicaram toda a sua inteligência, engenho e sensibilidade para fazer um jornal que constitui um dos mais notáveis exemplos de imprensa clandestina de todo o mundo. Uma história de que os actuais obreiros do Avante! e todos os militantes comunistas se orgulham e à qual darão a necessária continuidade.

Jornal de classe <br>– arma dos trabalhadores

Entrevista com Fernando Correia
«Os <em>media</em> sustentam<br> a sociedade capitalista»
«No dia em que os media passassem a ser verdadeiramente pluralistas, era a própria sociedade capitalista que ficava em risco.» Quem o afirma é Fernando Correia, professor universitário de jornalismo e chefe de redacção da Vértice. Fernando Correia, que foi durante década e meia sub-chefe de redacção do Avante!, tem várias obras publicadas. Ontem foi apresentado em Lisboa o seu mais recente livro Jornalismo, grupos económicos e democracia, editado pela Caminho.

José Manuel Oliveira, sindicalista
Um livro de estudo
O que representa o Avante! para os trabalhadores e para os seus representantes sindicais? José Manuel Oliveria, do Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário, considera que é um livro de estudo.

Aniversário do Avante!
75 anos a lutar pelo futuro
O Avante! está há 75 anos a lutar pelo futuro. Criado em 15 de Fevereiro de 1931, foi o jornal que mais tempo se manteve na clandestinidade a nível mundial: 43 anos. Hoje mantém o seu carácter de classe, ligado às causas dos trabalhadores e às suas reivindicações, virado para o presente e para o futuro.