Bancos enchem o «saco»

Ainda os portugueses não tinham feito as contas à nova subida da taxa de juro decidida recentemente pelo Banco Central Europeu, e já as cinco maiores entidades bancárias nacionais anunciavam lucros trimestrais superiores a 780 milhões de euros.
Caixa Geral de Depósitos (CGD), BCP, BES, Santander Totta, e BPI aumentaram os respectivos dividendos em 21,84 por cento face ao mesmo período de 2006. Os privados cresceram mais que a CGD, 24 e 16,8 por cento, respectivamente, mas no que à diferença entre juros cobrados e juros pagos diz respeito, a Caixa bateu a concorrência com uma margem próxima dos 28 por cento.


URAP apresenta queixa

O Conselho Directivo da União de Resistentes Antifascistas Portugueses entregou, esta semana, junto da Inspecção-Geral da Administração do Território (IGAT), uma queixa contra a construção do denominado «Museu Salazar».
Na documentação entregue ao IGAT, a URAP faz uma «análise exaustiva de todo o processo relativa às decisões da Câmara» sustentando «existirem indícios» de que o projecto «não tem suporte nas deliberações efectivamente tomadas no exercício dos órgãos autárquicos». Acresce, segundo a URAP, que tal projecto «constitui uma operação financeira altamente desvantajosa para o município e, por conseguinte, para os contribuintes portugueses».
Em comunicado enviado às redacções, a URAP conclui ainda que «o “Museu Salazar” está confrontado com a resistência crescente da opinião pública democrática ao objectivo inaceitável de edificar e concretizar um “santuário” do criminoso regime fascista, deposto em 25 de Abril de 1974».


Urbano lança obras completas

Quando comemora 55 anos de vida literária, o escritor Urbano Tavares Rodrigues lançou o 1.º de 10 volumes das sua obras completas.
Este 1.º volume, apresentado pelo professor Eugénio Lisboa, inclui títulos como «A Porta dos Limites», A Noite Roxa» e «Vida Perigosa».
Com 41 títulos já editados, Urbano Tavares Rodrigues prepara a saída de um novo livro, «Os Cadernos Secretos de D. António Prior do Crato».


Sócrates vaiado em Setúbal

A população de Setúbal recebeu o primeiro-ministro José Sócrates com uma monumental vaia durante as comemorações oficiais do 10 de Junho, que se realizaram, domingo, na cidade.
O rastilho do repúdio popular terão sido as recentes declarações de Mário Lino comparando a Margem Sul a um «deserto», mas os insistentes apupos que se prolongaram durante a habitual parada militar do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas - à qual o ministro das Obras Públicas não assistiu – revelam um sinal claro de descontentamento com a política do Governo nos últimos dois anos.


Comunista baleado no Brasil

Kelvin Nascimento da Cunha, dirigente do Partido Comunista do Brasil e da União da Juventude Socialista no estado do Pará foi baleado à porta de sua casa na noite de terça-feira, dia 5.
Kelvin Cunha foi atingido com um tiro na cabeça e dois no torax e encontra-se em coma no hospital local. Os responsáveis pela tentativa de assassinato ainda não foram identificados pela polícia.
Tudo o que se sabe é que o jovem militante comunista participou, nessa mesma noite, numa sessão do município de Dom Elizeu cujo objectivo era discutir a perda de mandato do presidente, Wanderson Carvalho, acusado de corrupção.


Nagasaki junta mais mil vítimas

De acordo com a agência noticiosa japonesa Kyodo, o Centro Nacional da Paz de Nagasaki vai juntar mais 1139 nomes à lista de vítimas da bomba atómica lançada pelos norte-americanos sobre a cidade, em Agosto de 1945.
As mais de mil novas vítimas foram reconhecidas nos últimos meses como tendo morrido na sequência do ataque dos EUA, ocorrido já quando o império japonês batia em retirada e se entrincheirava no arquipélago.
O número total de vítimas, só em Nagasaki, é agora superior a 140 mil pessoas, a esmagadora maioria civis.


Resumo da Semana