A solução é o socialismo

A intervenção do Fundo Monetário Internacional e da União Europeia nas finanças públicas da Irlanda é considerada pelo Sinn Fein, como «a prova clara do fracasso absoluto» das políticas capitalistas do governo de centro direita, apoiado pelo Fianna Fáil.

Fergal Moore, vice-presidente do Sinn Fein, alerta em comunicado que «o FMI e os funcionários da UE vão criar una ditadura capitalista sem nenhuma fachada de democracia».

Denunciando os cortes massivos no sector público, novos impostos e a venda do que resta do património do Estado, o Sinn Fein considera que «a solução dos problemas económicos actuais é a criação de uma nova Irlanda, baseada nos princípios socialistas, com todas as instituições bancárias e financeiras sob controlo social».

«Só com a destruição do actual sistema baseado na agiotagem, no clientelismo e na demagogia da classe capitalista, será possível a construção de uma Irlanda que valorize realmente todos os seus filhos por igual. Só uma solução socialista será capaz de resolver este problema causado pelo capitalismo».

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: