Aconteu
Congresso de luta das freguesias

Image 9241

Com 1300 delegados e cerca de 500 observadores eleitos, o 13.º Congresso da Associação Nacional de Freguesias, que decorreu em Portimão nos dias 2 e 3, rejeitou «claramente» a reforma da administração local, proposta pelo Governo no «Documento Verde». A posição consta da resolução, aprovada praticamente por unanimidade (a excepção, por abstenção, veio de dois delegados que são deputados do PSD na AR), e perpassou pela esmagadora maioria das intervenções feitas da tribuna do congresso. Ficou ainda expressa nas moções aprovadas, em duas das quais se aponta para a realização de uma manifestação nacional contra a extinção de freguesias e em defesa do poder local democrático. A rejeição do «Documento Verde» e das posições de confrontação tomadas pelo Governo nesta matéria foi particularmente visível na sessão de encerramento: quando a palavra foi dada ao ministro Miguel Relvas, centenas de delegados levantaram-se, apuparam o governante, levantaram faixas com inscrições como «as freguesias são do povo, extinga-se a troika» e abandonaram o recinto. Dos que permaneceram, muitos foram interrompendo a intervenção do ministro com persistentes protestos.


CNOD reclama justiça social

Image 9242

No sábado assinalou-se o Dia Internacional do Deficiente. Dias antes, a 29 de Novembro, a Confederação Nacional dos Organismos de Deficientes (CNOD) entregou aos grupos parlamentares um caderno reivindicativo para a adopção de medidas em defesa das condições sociais e económicas dos cidadãos com deficiência.

Entre as medidas reclamadas estão exigências de justiça fiscal «com reposição das isenções fiscais às pessoas com deficiência», a defesa dos direitos dos deficientes das Forças Armadas e a actualização das pensões dos sinistrados de trabalho. A Confederação reclama, de igual forma, a reposição dos docentes do Ensino Especial, uma «adequada protecção das pessoas com deficiência em situação de desemprego» e a «transferência de recursos financeiros para a rede de equipamentos e serviços de apoio».


Palmela é Cidade Europeia do Vinho

Palmela foi eleita como Cidade Europeia do Vinho 2012 pela Rede Europeia de Cidades do Vinho, uma distinção aprovada em Vilafranca del Penedés, Espanha. Em comunicado, a Câmara de Palmela «partilha esta distinção com todos os produtores da região que afirmaram nos últimos anos a alta qualidade dos seus vinhos e com todas as instituições públicas, associativas e privadas que têm feito de Palmela o símbolo de uma região vitivinícola rica e diversificada e em que o vinho constitui um eixo importante de desenvolvimento e de qualidade de vida».


Morreu Christa Wolf

Image 9243

Autora de uma obra e de um pensamento que marcaram a cultura europeia da segunda metade do século XX, Christa Wolf morreu, quinta-feira, com 82 anos. Considerada a maior romancista Leste-alemã, a escritora foi defensora do sistema socialista vigente na ex-RDA e opositora do viciado processo de reunificação da Alemanha de que ainda hoje se fazem sentir as trágicas consequências.

«Noticias de Moscovo», a primeira obra, publicada em 1961, e «O céu partilhado», de 1963, foram os seus primeiros romances. Na sua obra destacam-se «À procura de Christa T.», de 1968, «Infância modelo», de 1976, «O que resta», de 1979, ou «Auf dem Weg nach Tabou», de 1994, já posterior à reunificação alemã, livro que teve em língua inglesa o título «Parting from phantasms». «Leibhaftig» (Encarnação), de 2002, é uma das suas derradeiras obras.


Seara Nova faz 90 anos

Image 9244

O número 1717 da Seara Nova assinala os 90 anos da revista da Associação Intervenção Democrática. As comemorações vão estender-se até Setembro do próximo ano, com diversas iniciativas, nomeadamente uma exposição, colóquios e debates, que visam, sobretudo, mostrar que a Seara Nova continua viva e actuante. De entre estas, destaque para o novo sítio da internet da revista que, desde já, pode ser consultado em www.searanova.pt.


Prémio Eugénio de Andrade

A «Modo de Ler», com uma actividade editorial que tem quase 50 anos, promoveu mais uma edição do Prémio de Poesia Eugénio de Andrade, este ano atribuído a Carlos Alberto Torres Figueiredo, com «A criança que ri». A apresentação da obra premiada, em cerimónia pública por altura do aniversário do poeta de «As mãos e os frutos», ocorrerá a 19 de Janeiro de 2012.


Morreu o «Doutor» do futebol brasileiro

O antigo futebolista Sócrates, que brilhou nos Mundiais de 1982 e 1986 ao serviço da selecção brasileira, morreu, domingo, com 57 anos, em São Paulo. Médico de profissão e, por isso apelidado de «Doutor», Sócrates ganhou ainda notoriedade pelas suas posições políticas, nomeadamente nos finais dos anos 70, na luta contra a ditadura militar. Um exemplo no futebol e fora dele.



Resumo da Semana
Frases