Aconteu
SPA atribui Prémio Pedro Osório

A Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) irá atribuir este ano, pela primeira vez, o Prémio Pedro Osório, que distinguirá «um criador musical de qualquer área que se tenha destacado pelo seu trabalho autoral no ano anterior».
Segundo explica uma nota divulgada pela cooperativa, na segunda-feira, 6, o galardão com o nome do maestro, compositor e arranjador, falecido no início de Janeiro, «foi aprovado por unanimidade pela direcção da SPA ainda em vida de Pedro Osório» e visa «cobrir todas as áreas de expressão musical», constituindo «uma homenagem ao ecletismo do músico».


Produtores defendem açúcar de beterraba

Image 9664

A Associação Nacional de Produtores de Beterraba (Anprobe) e a refinadora de açúcar DAI, situada em Coruche, consideram que Portugal tem excelentes condições para voltar a produzir açúcar de beterraba, defendendo que essa possibilidade seja contemplada na nova reforma da Política Agrícola Comum.
Segundo o presidente da Anprobe, Manuel Campilho (Lusa, 02.02), Portugal apresenta vantagens em relação à Europa Central, antes de mais porque o nosso clima permite duas produções (na Primavera e no Outono).
Em 2008, antes de a União Europeia ter ditado o fim desta cultura no país, os produtores nacionais já obtinham o maior rendimento por hectare da Europa inteira. A Associação refere ainda que uma produção de 100 mil toneladas de beterraba cobriria 20 por cento do consumo de açúcar anual. Ao mesmo tempo forneceria matéria-prima à fábrica de Coruche, que actualmente é forçada a laborar com cana-de-açúcar importada.


Bicentenário de Dickens assinalado em Lisboa

Image 9663

Duas exposições em Lisboa assinalam o bicentenário do nascimento do escritor Charles Dickens, criador de personagens como David Copperfield ou Oliver Twist, que retratou o quotidiano social da Inglaterra vitoriana, da segunda metade do século XIX.
Uma delas está patente na Biblioteca Nacional e reúne edições portuguesas de Charles Dickens. A outra, intitulada «Dickens nas Colecções das Bibliotecas Municipais de Lisboa», pode ser vista na Hemeroteca Municipal, ao Bairro Alto.
As duas mostras foram inauguradas na terça-feira, 7, data em que se completaram dois séculos do nascimento deste nome cimeiro da literatura mundial.
No mesmo dia, na Biblioteca-Museu República e Resistência, o cineasta Lauro António apresentou a palestra «O Universo de Charles Dickens no Cinema».


«O Cerco a Leningrado» em cena no S. Luiz

Image 9665

A peça «O cerco a Leningrado», de José Sanchis Sinisterra, com Eunice Muñoz e Maria José Pascoal, está em cena no Teatro S. Luiz, em Lisboa, desde ontem, quarta-feira e até ao dia 19.
O espectáculo, encenado por Celso Cleto e produzido pela companhia Dramax, chega a Lisboa após ter estreado em Novembro passado em Oeiras, e ter sido apresentada em Lamego, Ílhavo e Madrid, em Espanha.
Em declarações à Lusa (06.02), Celso Cleto explica que, para além de ser «um belo texto para celebrar os 70 anos de carreira da Eunice», a peça foi também por si escolhida por se ter assinalado, em 2011, os 70 anos do início do cerco nazi à cidade russa de Leningrado, que se manteve entre 8 de Setembro de 1941 e 27 de Janeiro de 1944.


China compra fabricante alemão

O maior fabricante chinês de máquinas e equipamento para a construção civil, Sany Industry, anunciou, dia 1, a compra da Putzmeister, um dos mais importantes fabricantes de bombas de betão da Alemanha.
O negócio, avaliado em 324 milhões de euros, marca a primeira aquisição da Sany fora da China e irá ajudá-la a «melhorar a capacidade de investigação e o marketing internacional», disse o seu presidente, Xiang Wenbo, realçando que o fabricante chinês terá acesso a todas as patentes da empresa alemã e às suas redes de serviço e distribuição.
«Ao comprar a Putzmeister, a Sany encontrou a chave de ouro para entrar na Europa, América e Índia», comentou um analista chinês citado pelo jornal China Daily.



Resumo da Semana
Frases