Depois do cancelamento da privatização da TAP
Continuar a agir e esclarecer

«Uma grande vitória dos trabalhadores e de todos aqueles, como o PCP, que sempre lutaram e sempre acreditaram que era possível travar este processo», assim classificou o PCP o cancelamento da privatização da TAP assumido pelo Governo dia 20.

«Uma vitória da dignidade, da coragem e da firmeza dos trabalhadores numa luta que vai continuar», afirmou aos jornalistas na AR o deputado comunista Bruno Dias, dando como certo que o Governo vai «voltar à carga» para tentar levar por diante o seu intento de alienar a companhia de bandeira aérea do nosso País.

Daí a importância da «mobilização e esclarecimento» no quadro de uma luta que, do seu ponto de vista, tem de ser «muito firme e determinada» contra esta política de privatizações.

«Quem luta nem sempre ganha mas quem não luta perde sempre», lembrou o deputado comunista, assim chamando a atenção para a necessidade de manter viva a acção de quantos se opõem a uma privatização que assumiu contornos de «negócio escandaloso» e que, se se tivesse consumado, representaria mais um crime contra o interesse nacional.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: