Água aumenta 45 por cento

Não contente com os preços da água em Santa Maria da Feira, já de si exorbitantes e dos mais altos do País, o director-geral da Indaquoa, empresa a quem foi concessionado o abastecimento de água no concelho, anunciou numa entrevista a um jornal local a subida deste bem precioso, nos próximos cinco anos, em 45 por cento.

«Uma calamidade», qualificou, em nota de imprensa, a CDU, que – ao contrário do PS, do PSD e do CDS, que aprovaram na Assembleia da República uma Lei que abre porta à privatização da água – considera a água «um bem público, indispensável à vida e ao serviço de todos» e não «uma mercadoria» para «proveito de negócio de alguns». «Por isso mesmo, sempre combatemos e denunciámos a opção privatizadora da maioria PSD na Câmara Municipal que, tal como em muitos outros campos, resolveu, com a anuência do PS, conceder a privados a gestão da rede de águas e saneamento no concelho de Santa Maria da Feira», acusam os eleitos do PCP.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: