Nos 80 anos do 18 de Janeiro
Inspiração para os combates do presente

O exemplo dos corajosos revolucionários de 18 de Janeiro de 1934 é inspirador para as lutas do presente, e desde logo para a jornada convocada pela CGTP-IN para o próximo dia 1 de Fevereiro, afirmou Jerónimo de Sousa no comício realizado no domingo, na Marinha Grande, comemorativo dos 80 anos do levantamento insurreccional antifascista.



Insurreição de 18 de Janeiro de 1934
Semente que floriu em Abril

No ano em que se comemoram os 40 anos da Revolução de Abril assinalam-se igualmente os 80 anos do levantamento insurreccional de 18 de Janeiro, momento alto da resistência ao fascismo e da luta pela liberdade. 



Entrevista a Jerónimo de Sousa
sobre a sua recente visita a Cuba

«O PCC está empenhado na defesa e aprofundamento<br> da revolução socialista»

Jerónimo de Sousa, que entre 5 e 10 de Janeiro esteve em Cuba integrando uma delegação do PCP (na qual participou também Pedro Guerreiro, do Secretariado do Comité Central), falou ao Avante! sobre as históricas relações com o Partido Comunista de Cuba, as mudanças económicas em curso que visam o aprofundamento da revolução, os obstáculos criados pelo bloqueio dos Estados Unidos e os processos anti-imperialistas na América Latina. E, como não podia deixar de ser, do «digno, corajoso e solidário exemplo» que Cuba dá aos povos de todo o Mundo de que com a luta é possível conquistar e alcançar uma vida mais digna e mais justa.