Defender os interesses do povo e do País
Dar mais força à CDU<br> é dar força à luta

«Dar mais força à CDU é dar mais força à luta dos trabalhadores e do povo. É dar força à ideia que é possível e está ao nosso alcance uma real alternativa capaz de assegurar a elevação das condições de vida dos trabalhadores e do povo e defender os interesses, a soberania e a independência de Portugal. Dar mais força à CDU é afirmar que com a força do povo, é possível um Portugal com futuro». As palavras são de Jerónimo de Sousa no comício da CDU realizado na sexta-feira, 11, no Fundão, sob o lema «Defender os interesses do povo e do País».



Eleições para o Parlamento Europeu
Apoiamos a candidatura da CDU!

O País vive um momento particularmente difícil, indissociável da política de direita, do processo de integração capitalista da União Europeia e inseparável da intensificação da ofensiva contra os direitos laborais, sociais e políticos e da redução ou eliminação de funções sociais do Estado conquistadas com o 25 de Abril.

As eleições para o Parlamento Europeu constituem uma oportunidade para, pelo reforço da CDU, contribuir para derrotar o Governo PSD/CDS e a política de direita, para dar força à construção de uma política patriótica e de esquerda, condição indispensável para assegurar a defesa dos interesses do povo e do País, libertando-o do rumo de retrocesso social, empobrecimento, declínio económico e dependência.

O apoio à candidatura da CDU é a mais sólida e consequente opção para, dando expressão à luta do povo português pelos seus direitos e aspirações, afirmar o direito ao desenvolvimento num Portugal independente e soberano. Uma opção que, promovendo a melhoria das condições de vida dos trabalhadores e do povo, abra simultaneamente caminho a um projecto de cooperação entre estados soberanos e iguais em direitos, uma outra Europa dos trabalhadores e dos povos.



CDU reclama mais apoios para os Açores
Força que corporiza <br>a mudança

Os deputados e candidatos do PCP ao Parlamento Europeu, João Ferreira e Inês Zuber, e a candidata residente nos Açores, Catia Benedetti, apresentaram, no sábado, em Ponta Delgada, as principais conclusões da sua visita à Região Autónoma dos Açores, que incidiu nas ilhas de São Miguel, Terceira, Faial e Pico.



Acções em Braga e Guimarães

Contacto em Nanterre