Aconteu
Dívida ultrapassa 130%

A dívida pública deverá atingir este ano os 130,2 por cento do Produto Interno Bruto, de acordo com a nova previsão do Governo, inscrita no Documento de Estratégia Orçamental, entregue, dia 30, à Assembleia da República e enviado a Bruxelas.

O Governo justifica a subida da previsão da dívida com a reestruturação financeira das empresas de transportes, como a Carris, a STCP e algumas linhas da CP, que o Executivo pretende privatizar.

Para tanto, esclarece, «iniciou-se, no segundo trimestre de 2014, a substituição da dívida bancária destas três empresas por financiamento ao Estado, o que teve como efeito o reconhecimento imediato da sua dívida garantida como dívida do Estado».


China destrona EUA

A notícia surpreende apenas pela antecipação. Segundo a edição de 30 de Abril do jornal britânico Financial Times, a China tornar-se-á até ao final do ano a maior economia mundial, destronando os EUA que ocupam este lugar desde 1872, quando ultrapassaram o Reino Unido em termos de riqueza anual produzida.

Recorde-se, no entanto, que os EUA tiveram de esperar até ao final da II Guerra para que a sua moeda se impusesse à libra enquanto meio internacional de troca, consolidando assim o seu poder mundial.

Todavia, nos nossos dias, a roda da história parece girar a uma velocidade estonteante. Se em 2005 o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional previam que a economia chinesa ultrapassasse a norte-americana apenas em 2019, a última estimativa conclui que isso acontecerá já este ano.

Tanto num como noutro caso, os cálculos foram feitos através do Programa de Comparação Internacional que compara o Produto Interno Bruto (PIB) de cada país com base no custo de vida real e não nas taxas de câmbio.

Nestes termos (em unidades de poder de compra), o PIB da China representava metade do norte-americano em 2005. Ora, os dados recolhidos mostram que, logo no final de 2011, o PIB chinês alcançou 87 por cento do PIB dos EUA.

De acordo com as estimativas do FMI, nestes últimos quatro anos o país do Sol nascente terá acumulado um crescimento de 24 por cento, enquanto os EUA se ficaram pelos 7,6 por cento. Deste modo, a China confirmar-se-á como a primeira potência económica bastante mais cedo do que se previa.

 


Lisboa contra venda do Oceanário

A Assembleia Municipal de Lisboa manifestou-se contra a privatização do Oceanário, processo que o Governo pretende concretizar no próximo ano, no âmbito das medidas de consolidação orçamental.

O órgão autárquico apreciou, dia 28, duas moções, que mereceram o voto favorável da maioria dos eleitos, com excepção dos do PSD e do CDS-PP.

A posição aprovada questiona os fundamentos da decisão do Governo, salientando que, para além de constituir um equipamento que devia estar integrado no domínio público cultural, o Oceanário gera lucros de cerca de um milhão de euros por ano.


Pequena agricultura em vias de extinção

Cerca de 55 por cento das explorações agrícolas da região Centro desapareceram nos 20 últimos anos, a maioria delas com menos de cinco hectares, segundo reconheceu, dia 29, a directora da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro, Adelina Martins.

Intervindo na jornada sobre empreendedorismo agrícola, realizada em Viseu, Adelina Martins revelou que a área da vinha também diminuiu 46 por cento na zona Centro, verificando-se ainda uma diminuição na ordem dos 17 por cento da área destinada a frutos e olivais.

Em resultado, aumentaram as pastagens e a produção extensiva, observando-se um «ligeiro» aumento das explorações com mais de 50 hectares.

 


Souto Moura expõe em Genebra

A associação Maison de l'architecture (Casa da arquitectura) inaugurou, dia 2, em Genebra, Suíça, uma exposição sobre o arquitecto Eduardo Souto de Moura, que decorrerá até 12 junho.

A mostra incide sobre os 35 anos de carreira do criador português que se tornou numa figura reconhecida internacionalmente, tendo sido galardoado em 2011 com o prémio Pritzker.

A exposição tem lugar no pavilhão Sicli e inclui croquis, desenhos, maquetes e fotomontagem do arquitecto.



Resumo da Semana
Frases