35 anos de Serviço Nacional de Saúde
A Saúde é um direito, <br>não é um negócio

No ano em que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) completa 35 anos da sua existência, defender esta importante conquista de Abril é um imperativo nacional. Só assim é possível garantir, no presente e no futuro, o acesso de todos os portugueses ao cuidados de medicina preventiva, curativa e de reabilitação, independentemente da sua condição económica. As extraordinárias realizações do SNS na melhoria das condições de Saúde da população são fruto da capacidade técnica, do brio e da consciência democrática dos seus profissionais e da sua identificação com os interesses do povo.



35 anos de Serviço Nacional de Saúde
Uma importante conquista de Abril

Quando sobre o Serviço Nacional de Saúde (SNS) são desferidos ataques pelos partidos do Governo (PSD e CDS), visando a sua redução e desconfiguração para abrir espaço à iniciativa privada, agora na mão dos grandes grupos económicos, importa recordar o que foi a Saúde em Portugal durante a ditadura e os ganhos obtidos com o SNS.



Cuidados de Saúde Primários
Mais de um milhão <br>sem médico de família
A situação calamitosa em que se encontram os Cuidados de Saúde Primários (CSP) de Norte a Sul do País reflecte as opções políticas e ideológicas de um Governo que tem como objectivo o desmantelamento do Serviço Nacional de Saúde.

Assegurar o futuro do SNS
Propostas do PCP

Portaria 82/2014 e relatório sobre Centros de Referência
Objectivo: destruir o SNS

Processo de privatização da Saúde
Um escândalo

À «lei da rolha»

Vamos à luta!