2 de Junho 1957<br>– Cientistas dos EUA apelam<br>ao fim dos testes nucleares

Image 18228

Dois mil cientistas dos EUA subscrevem uma declaração preparada por Linus Pauling, Prémio Nobel de Química, apelando a um acordo mundial para pôr fim aos testes nucleares. A iniciativa de Pauling valeu-lhe mais uma intimação para depor perante o Subcomité de Segurança Interna do Senado norte-americano, que já em 1955 o considerava «a personalidade científica número um, relacionada com virtualmente todas as actividades importantes da ofensiva pacifista-comunista» existente nos EUA. Em 1962, quando Pauling é distinguido com o Prémio Nobel da Paz, a revista Life classificou a decisão como «um estranho insulto da Noruega». Em 1970, Pauling recebeu o Prémio Lenine da Paz, na URSS.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: