9 de Julho de 1955<br>– Manifesto Russell-Einstein

Image 18489

O Manifesto, da autoria de Bertrand Russell, alerta para os perigos da proliferação de armamento nuclear e apela para que os líderes mundiais procurem soluções pacíficas para os conflitos internacionais. O documento foi subscrito por onze cientistas e intelectuais de renome internacional, sendo o primeiro Albert Einstein, que o assinou uns dias antes da sua morte, ocorrida a 18 de Abril de 1955. O texto do Manifesto, divulgado em Londres, em conferência de imprensa, consubstancia as preocupações expressas por Bertrand Russell pouco depois de os EUA terem lançado uma das bombas atómicas sobre o Japão: «A humanidade encontra-se perante uma clara escolha: ou adquirimos um pouco de sensatez, ou iremos todos perecer. Uma reviravolta do pensamento político terá que acontecer para que seja evitado o desastre final».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: