11 de Setembro de 1973<br>– Golpe fascista no Chile

Image 19003

O processo de transformação revolucionária no Chile iniciado com a eleição do presidente Allende e a formação do governo de Unidade Popular, em Setembro de 1970, alarmaram os EUA. Aliado às forças fascistas e ao grande capital chileno o imperialismo não olhou a meios para destruir o processo democrático. Antes da tomada de posse de Allende, a CIA assassina o Comandante-Chefe do Exército. Sucedem-se actos de violência visando a desestabilização social e a paralisação da economia do país para minar o apoio popular ao governo. Não o conseguindo, é desencadeado o golpe de Estado chefiado por Pinochet, de uma bestialidade atroz: dezenas de milhares de mortos, incluindo Salvador Allende, centenas de milhares de presos, torturados ou exilados, o Parlamento dissolvido, o Palácio Presidencial destruído a tiros de canhão e bombas da aviação, os partidos políticos proibidos. O Chile entra numa longa noite fascista.

 


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: