24 de Novembro 1859
– Lançamento de «A Origem
das Espécies»

Image 21721

«A Origem das Espécies por Meio da Selecção Natural ou a Preservação das Raças Favorecidas na Luta pela Vida» é o título completo da obra clássica do naturalista britânico Charles Darwin conhecida como «A Origem das Espécies». Iniciada meia dúzia de anos depois da sua marcante viagem de cinco anos a bordo do HMS Beagle – o navio ao serviço da Marinha Real Britânica que fez três viagens de exploração, incluindo uma de circum-navegação, para conhecer terras e mares – a obra sustenta que as espécies evoluíram, não foram criadas, como então se pensava, e propõe o mecanismo de selecção natural para explicar essa evolução e as adaptações dos organismos. A polémica suscitada pelo livro foi enorme, apesar de Darwin não questionar a existência de uma entidade divina criadora, ideia fortemente arreigada na época, mas sim a sua intervenção no processo de diversificação das formas de vida, negando a origem separada de cada espécie e advogando a existência de uma origem comum. Esta visão, radicalmente nova, só veio a ser devidamente valorizada com a revolução molecular do final do século XX.

 


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: