Greve na Ecalma

Os trabalhadores da Ecalma – Empresa Municipal de Estacionamento e Circulação de Almada aderiram em força à greve parcial de uma hora diária iniciada a 26 de Julho. A paralisação foi convocada pelo STAL/CGTP-IN também para 27, 30 e 31 de Julho e 1 de Agosto.

O sindicato, ao dar o resultado do primeiro dia, referiu como objectivos da luta exigir: cumprimento das normas do Acordo de Empresa, em vez da imposição abusiva de transferências do local de trabalho e de horários de trabalho, sem consulta prévia da Comissão Sindical; negociação imediata de uma revisão do AE (salários e progressões na carreira); cumprimento das promessas não realizadas pela administração de melhoria das condições de trabalho e das instalações.

De acordo com o sindicato e a União dos Sindicatos de Setúbal, nos dois primeiros dias de greve a adesão foi de mais de 84 por cento.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: