Jerónimo de Sousa destacou a convergência registada
PCP esteve reunido com aliados da CDU

CONVERGÊNCIA Primeiro com o Partido Ecologista «Os Verdes» (PEV), depois com a Associação Intervenção Democrática, o PCP encontrou-se com os parceiros da CDU.

A primeira reunião ocorreu quinta-feira, na sede do PEV, em Lisboa, tendo a delegação do Partido sido constituída por Jerónimo de Sousa, Jorge Cordeiro, do Secretariado do Comité Central (CC), e Eugénio Pisco, do CC. No final, em declarações aos jornalistas, o Secretário-geral do PCP sintetizou que o encontro com o PEV permitiu apreciar a situação política resultante das eleições legislativas, cuja campanha realizada pela CDU ambos os partidos valorizaram.

Jerónimo de Sousa destacou, ainda, a convergência registada entre comunistas e ecologistas quanto a iniciativas parlamentares a levar por diante, aos compromissos assumidos para com os trabalhadores e o povo, assim como em relação à batalha das eleições autárquicas.

Convergência tendo em conta o sufrágio para o Poder Local Democrático, previsto para o final de 2021, foi também uma das notas que o Secretário-geral comunista sublinhou no final do encontro com a Associação Intervenção Democrática, realizado ao final do dia de anteontem, na sede do PCP.

Além do mais, acrescentou Jerónimo de Sousa, o Partido aproveitou a oportunidade para manifestar à ID a valorização do seu contributo para a campanha da CDU, nomeadamente a sua influência junto de «tantos democratas e patriotas que se reveêm no projecto da CDU».

Livre recebido

Também anteontem, mas no parlamento, uma delegação do partido Livre reuniu, a seu pedido, com uma delegação do PCP, composta por Jorge Pires, da Comissão Política, António Filipe, membro do CC e vice-presidente do grupo parlamentar do PCP, e José Neto, do CC.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: