Sargentos reprovam OE
Numa análise à proposta governamental de Orçamento de Estado para 2010, a Associação Nacional de Sargentos emitiu um comunicado, dia 17, onde alerta para «medidas que, a serem aplicadas, traduzir-se-ão num aprofundamento da degradação das nossas condições de vida».
A ANS critica, entre outras intenções, os congelamentos salariais; o agravamento dos descontos para a assistência na doença e do cálculo das pensões a quem tenha cumprido 20 anos de serviço em 31 de Dezembro de 2005, e ingressado na carreira antes de 1 de Setembro de 1993; a indexação da actualização das pensões à inflação; a revisão das comparticipações em medicamentos; a redução da previsão de encargos com a saúde e a revisão de carreiras. Tais medidas «continuarão a merecer a nossa rejeição, tanto mais que nos são impostas unilateralmente», acusou a ANS.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: