Contra a repressão na <em>Cimianto</em>
A CGTP-IN manifestou, em nota à comunicação social, o seu apoio e solidariedade com a luta dos trabalhadores da Cimianto, em greve de 1 hora por dia, de terça-feira até hoje, «contra a repressão instalada na empresa, a perseguição a trabalhadores, nomeadamente ao delegado sindical, pela recusa em aceitar, impostos pela Administração, horários de 50 horas semanais à margem do contrato colectivo e da lei em vigor».
A greve tem por objectivo exigir a anulação das sanções (que atingem outros dois trabalhadores) e a reintegração de dois funcionários despedidos. Nos períodos de greve, realizaram-se concentrações junto ao portão da empresa.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: