Grã-Bretanha
Dados pessoais roubados
Dados pessoais de 600 mil britânicos desaparecerem em resultado do roubo de um computador portátil, propriedade da Marinha, em 9 de Janeiro, na cidade de Birmingham, no centro de Inglaterra.
A ocorrência foi confirmada, na segunda-feira, 21, pelo governo britânico que revelou ainda terem sido roubados desde 2005 dois outros computadores com dados de pelo menos 500 cidadãos.
O último aparelho roubado continha informação sobre contas bancárias, cartas de condução, endereços e números da segurança social das pessoas que se tinham alistado na marinha, nos royal marines ou na força aérea.
Já em Novembro, os serviços fiscais tinham extraviado dois discos com dados informáticos referentes a 25 milhões de requerentes de abonos de família. No mês seguinte, os Correios perderam dados de seis mil automobilistas norte-irlandeses. Uma semana depois é noticiado o desaparecimento de informações pessoais de mais de três milhões de inscritos nos exames teóricos da carta de condução. Ainda no mesmo mês, o Ministério da Saúde confirma a perda de dados de pacientes em vários centros de saúde.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: