O aumento de preços mais brutal desde sempre
Transportes, mentiras e roubo

Os novos preços dos transportes públicos, que entraram esta segunda-feira em vigor, vão representar um grave aumento de encargos para os utentes e não vão resolver os problemas financeiros das transportadoras.
O PCP, no documento distribuído a nível nacional na sexta-feira, salienta que estamos perante o mais brutal aumento de transportes de que há memória.Os sindicatos da CGTP-IN, o movimento de utentes e as comissões de trabalhadores, numa conferência de imprensa conjunta, chamaram a atenção para as mentiras com que o Governo «embrulhou» este roubo e para as verdadeiras razões da subida das tarifas.Os argumentos expostos, de que aqui deixamos uma resenha, fundamentam o forte apelo ao alargamento dos justos protestos contra a política que persiste em salvar os lucros de muito poucos à custa da espoliação da grande maioria das portuguesas e dos portugueses e à custa do verdadeiro interesse do País.



Travar a exploração e o saque
Mobilização popular contra Governo do capital

O actual Governo PSD/CDS está ao serviço do grande capital e dos seus interesses e as medidas assumidas nestes primeiros 30 dias provam isso mesmo. A acusação é da Comissão Política do Comité Central do PCP, que anunciou a realização de uma acção de contacto com os trabalhadores e o povo, de denúncia da política do Governo e afirmação das propostas do Partido, a decorrer ao longo do mês de Agosto.



CGD e BPN
Pérolas ao desbarato

O PCP reagiu ainda à venda do BPN ao BIC e ao anúncio da composição da nova administração da Caixa Geral de Depósitos – mais dois exemplos da natureza de classe da política do novo Governo PSD/CDS.