Adeus a Silas Cerqueira

Image 21119

As cerimónias fúnebres de Silas Cerqueira, que decorreram na Casa da Paz, sede do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), de que Silas Cerqueira era membro fundador, tiveram lugar na passada quinta-feira, dia 25 de Agosto.

Lutador pela paz e militante comunista, Silas Cerqueira foi homenageado pela presença e nas palavras de representantes do CPPC, do MPPM (de que foi um dos fundadores), da CGTP, da JCP, do PCP e por várias personalidades e amigos. Cristina Cerqueira leu aos presentes uma carta do seu pai onde este recorda o momento em que decidiu ser comunista, e na qual se reconhece o homem terno, dedicado à família e sempre comprometido com a luta pela Paz e por um mundo mais justo.

Em nome do PCP, Albano Nunes, do Secretariado do Comité Central, lembrou «o militante comunista e intelectual prestigiado que até ao fim dos seus dias se entregou, com reconhecida competência e grande dedicação, à causa da Paz, da Solidariedade anti-colonialista e anti-imperialista, e da amizade entre os povos».

Albano Nunes acrescentou que «despedimo-nos de Silas Cerqueira num tempo carregado de perigos, quando na Europa levantam cabeça forças racistas e fascistas, o mundo está a braços com a multiplicação de focos de tensão e de guerras de agressão imperialista, e cresce o perigo nuclear. O melhor modo de prestar homenagem à memória do Silas é prosseguir o seu combate e trabalhar para fortalecer sempre mais o movimento pela paz e de solidariedade internacionalista em Portugal».

Em nome do CPPC, Ilda Figueiredo, por seu lado, referiu que «estamos a prestar a homenagem devida a quem tanto se empenhou na luta do movimento da paz português e internacional, na defesa das causas justas e teve um papel preponderante no alargamento do movimento da paz e na solidariedade activa com os povos que, um pouco por todo o Mundo, resistiam e continuam a lutar pelos seus direitos, contra as agressões e ingerências, na defesa do seu direito soberano de escolherem o seu próprio destino».

«Lutador incansável pela causa da paz, Silas Cerqueira deixa-nos um exemplo de vida que procuraremos honrar», disse Ilda Figueiredo, antes de expressar um sentido «até sempre, Silas Cerqueira. Obrigada pela coragem, pela luta, pelo exemplo, pela herança que nos deixas de dedicação e empenhamento à causa da Paz, à luta que vamos continuar».




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: