EUA construíram em Israel primeira base militar permanente

Reforçando a política de ingerência e domínio imperialista no Médio Oriente, os Estados Unidos construíram a primeira base militar permanente em Israel, o seu principal aliado na região.

O exército israelita anunciou, na segunda-feira, 18, que foi estabelecida pela primeira vez uma base estado-unidense no seu território, como parte da «estreita colaboração militar entre os dois países».

O comandante da defesa aérea israelita, brigadeiro-general Tzvika Haimovich, disse que a nova base militar, no Sul, não contradiz o empenho de Israel em demonstrar a sua auto-suficiência para enfrentar os inimigos: «Não é contraditória com as nossas capacidades, cooperamos com os EUA mas não a qualquer preço», assegurou, segundo a agência noticiosa espanhola EFE. A mensagem que Israel quer transmitir para a região do Médio Oriente é a de que «trabalhamos com o maior exército do mundo».

Segundo Haimovich, várias dezenas de soldados norte-americanos estarão estacionados de modo permanente na base e vão operar sistemas norte-americanos, não israelitas. O oficial israelita não quis falar da possibilidade dos militares norte-americanos intervirem em operações de combate mas acentuou que a base «é muito mais significativa do que isso – há uma presença militar aqui, uma força militar, não civil».

A construção da base militar dos EUA, no Sul de Israel, demorou dois anos e o processo «foi fluído porque a relação entre as forças aéreas de ambos os países, entre os comandantes dos dois exércitos, é mais forte do que a relação entre os líderes políticos e as administrações» de Washington e Telavive, admitiu Haimovich.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: