Alunos de Almada saem à rua por melhores condições

Cerca de 350 estudantes da Escola Secundária Fernão Mendes Pinto (ESFMP), em Almada, participaram, no dia 10 de Outubro, numa Reunião Geral de Alunos. Para o dia 24 de Outubro foi agendada uma acção junto à porta da ESFMP, em protesto contra a falta de investimento na Educação. O protesto pretende ainda alertar para os problemas específicos da escola, como a degradação dos edifícios ou a falta de condições materiais e de pessoal docente e não docente.

Neste sentido, exige-se mais investimento na educação e na instituição; colocação de cacifos; contratação de mais funcionários, que garantam o funcionamento em plena escola; melhor qualidade e quantidade da comida servida na cantina escolar.

Porque estes são problemas transversais a muitas outras instituições, apela-se a todos os estudantes do concelho de Almada que lutem, neste dia, por mais condições nas suas escolas, para que se possa alcançar a Escola Pública, gratuita, democrática e de qualidade consagrada na Constituição da República.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: