PCP solidário com populações atingidas pela tempestade Leslie

O PCP expressou a sua solidariedade às populações afectadas pela tempestade do passado dia 13 através de um comunicado do seu Gabinete de Imprensa, no qual releva a dimensão dos prejuízos causados, «particularmente em explorações agrícolas, em edifícios e infraestruturas, mas também aos impactos sociais que eles colocam».

Valorizando a «pronta resposta das autoridades e da Protecção Civil aos múltiplos problemas entretanto surgidos», o Partido defende um rápido levantamento dos prejuízos e definição das linhas de apoio necessárias ao célere restabelecimento de serviços públicos e sociais, de elementos fundamentais ao funcionamento colectivo ou de estruturas produtivas. Absoluta prioridade deve assumir a imediata reposição do abastecimento de energia eléctrica, essencial também para o abastecimento de água, bem como de todas as comunicações. A conhecida falta de recursos humanos em empresas privatizadas como a PT ou a EDP não pode, para o PCP, justificar que não se reponham com a celeridade que exige os serviços afectados.

Constatando que algumas das zonas afectadas coincidem com as que foram atingidas pelos incêndios de Outubro do ano passado, o PCP afirma ser necessário retirar-se ilacções desse facto para a simplificação de processos que assegurem a «rápida reposição do potencial produtivo e o apoio a perdas significativas de rendimentos, particularmente para pequenos e médios empresários e agricultores».




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: