Luta com frutos na Iberol

Os trabalhadores da Iberol, em Alhandra (Vila Franca de Xira), aprovaram no dia 27 de Dezembro a nova proposta de aumentos salariais, apresentada à comissão sindical do SITE CSRA em negociações iniciadas após um dia de greve total e com a perspectiva de uma semana de greves de duas horas por turno.

Como informou o sindicato da Fiequimetal/CGTP-IN, foi aceite um aumento salarial de 30 euros por mês, sem desconto das horas de paralisação. Também foi correspondida a reivindicação de 25 dias de férias por ano, sem condicionalismos.

Na cinquentenária empresa de processamento de oleaginosas, onde há muitos anos não ocorriam processos de luta, mantém-se em aberto a discussão sobre diuturnidades.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: