Nem uma palavra sobre aumentos salariais

«Aquilo que o país precisa para o seu futuro, não é o cumprimento das metas do défice, não é a aceitação das imposições da União Europeia (UE), é uma verdadeira política alternativa que aprofunde o caminho que tem sido feito nos últimos quatro anos de conquista, recuperação e devolução de rendimentos e direitos e que responda aos verdadeiros problemas de fundo do país», declarou João Oliveira, presidente da bancada parlamentar do PCP, pouco depois de ser conhecido o Programa de Estabilidade do Governo para 2019-2023.

Para o deputado comunista, a «solução dos problemas do país tem de passar pela valorização dos rendimentos e dos salários dos trabalhadores, pelo aumento da produção nacional, a recuperação do sector estratégico da economia e aumento do investimento público, particularmente, na Saúde, Educação, Cultura, Segurança Pública e Justiça».

João Oliveira acusa o Governo de, no documento em causa, não fazer qualquer referência a aumentos salariais nos próximos anos. «O Governo não diz uma palavra sobre este objectivo, e em termos de investimento o que diz é que teremos, em 2023, um nível de investimento público inferior ao de 2010».

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: