Hospital do Seixal não pode continuar a ser uma miragem

O PCP quer que o Governo esclareça em que ponto está a elaboração do projecto do hospital no concelho do seixal; quando está prevista a adjudicação e qual o prazo de execução; quando prevê o concurso para a empreitada e a conclusão do processo de construção, e qual o perfil assistencial definitivo para aquela unidade de saúde?

As perguntas foram entregues pelo grupo parlamentar do Partido na Assembleia da República, revelou a Direcção da Organização Regional de Setúbal do PCP (DORS), que recorda que, «a 12 de Dezembro de 2015, na sequência da discussão de uma petição, foi aprovada na AR uma resolução recomendando ao Governo a construção urgente do Hospital no concelho do Seixal» nos termos do acordo estratégico firmado entre o Ministério da Saúde e a Câmara Municipal do Seixal, a 26 de Agosto de 2009.

«Foi das primeiras decisões tomadas na legislatura que agora está a terminar», recorda a DORS. «No entanto, quatro anos depois, o processo pouco ou nada avançou».

«Primeiro, o Governo foi dizendo que era preciso actualizar o perfil assistencial do hospital. Depois, foi estabelecida uma adenda ao acordo firmado com as autarquias locais», explica ainda a direcção comunista setubalense, para quem «o Governo perdeu uma oportunidade para dar concretização a uma justa aspiração das populações dos concelhos de Seixal, Sesimbra e Almada.

«É inaceitável que ao longo deste mandato o Governo não tenha tomado as medidas necessárias», por isso, constata-se, «o compromisso assumido pelo actual Governo não foi cumprido» quando «está mais do que identificada a necessidade de construção do Hospital no concelho do Seixal» face «à situação de sobrelotação que o Hospital Garcia de Orta enfrenta desde que entrou em funções e que se foi agravando ao longo dos anos».

«O PCP esteve, está e estará com a reivindicação das populações. Defendemos e continuaremos a defender a construção do Hospital no concelho do Seixal», garante ainda o Partido.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: